Sua Pele

29.12.2011

Mais beleza em 2012

O ano de 2011 foi bastante movimentado para o Blog Sua Pele. Nesses meses falamos da beleza em suas diversas formas. Flacidez, estrias, depilação, olheiras, SPA em casa e cuidados com os lábios foram alguns dos assuntos que ganharam destaque.

E 2012 já aponta com promessas de muitas novidades e também algumas mudanças de atitude. Elaboramos algumas dicas de beleza para começar o ano com o corpo e a autoestima em dia.

• Dar mais atenção ao rosto e pescoço, com hidratação intensa e limpeza diária.

• Na hora do banho, utilizar água morna. A água quente aumenta a oleosidade da pele.

Consumir mais líquidos, principalmente água.

Esfoliar a pele uma vez por semana.

• Uma boa noite de sono é essencial para a beleza e bem-estar. Dormir 8 horas é o correto.

• Carregar o protetor solar na bolsa em qualquer estação do ano e, no dia-a-dia, aplicá-lo nas áreas expostas.

• Nunca se expor ao sol nos horários em que a radiação é mais intensa (das 10h às 16h).

• Fazer dieta rica em alimentos integrais, frutas, verduras e legumes.

Mudando de atitude o corpo reage com mais vitalidade, beleza e luminosidade. E que o novo ano nasça trazendo muito sucesso, saúde e beleza para todos!

Fotos: Banco de Imagens Stock.xchng

www.marcelobellini.com.br

Por Equipe Corpo em Evidência às 10h34

22.12.2011

O melhor do verão na sua pele

O verão está chegando e com ele muitas pessoas já planejam o bronzeado perfeito. Para alcançar a cor desejada é preciso seguir alguns cuidados importantes:

• Chapéu, boné, guarda-sol e camiseta são alguns exemplos de proteções mecânicas para a pele. Eles dificultam a passagem da radiação solar, por isso são bons aliados. Atualmente existem tecidos especiais, tramas diferenciadas que intensificam a proteção solar. Esses tecidos especiais auxiliam na proteção, mas em nenhum momento substituem o uso do filtro solar.


• Na praia ou na piscina, o sal ou o cloro fica acumulado em maior proporção em algumas partes do corpo, o que pode atrapalhar a uniformidade do bronzeado. Sendo assim, é interessante de tempos em tempos tomar uma ducha de água doce. A ducha retira a maior parte de sal e cloro e assim garante um bronzeado homogêneo.

A esfoliação ajuda muito na duração do bronzeado e deve ser feita uma vez por semana. Opte por um produto com partículas mais finas, pois estas não machucam a pele. Com a pele limpa, espalhe o produto pelo corpo, sem usar força, fazendo movimentos circulares de baixo para cima.


Evitar banhos muito quentes porque a água quente resseca a pele.

• Após a exposição solar deve ocorrer a hidratação completa do corpo. Depois do banho, aplique fórmulas à base de uréia, glicerina, aloe vera, vitamina E, e óleos essenciais. Esses nutrientes equilibram a umidade da pele, hidratam e protegem. Abuse das loções pós-sol, que acalmam e hidratam a pele.


Colocando em prática essas dicas, sua pele vai trazer apenas as marcas positivas do verão: beleza, luminosidade e vitalidade.

Fotos: Banco de Imagens Stock.xchng

www.marcelobellini.com.br

Por Equipe Corpo em Evidência às 07h55

15.12.2011

O que você sabe sobre proteção solar?

Há informações que são essenciais antes de qualquer minuto sob o sol. Verifique se você já sabe de todas elas:

O FPS (Fator de Proteção Solar) mede a capacidade de proteção do filtro em relação à radiação ultra violeta B. Já para a proteção contra os raios ultravioleta A não há um padrão internacional. Muitos filtros possuem também esta proteção, que é caracterizada por um símbolo (um +) ou pela sigla PPD.


• O filtro certo deve ser determinado de acordo com o tom de cada pele:

Pele muito clara (1 e 2): necessita de filtro com FPS 60 e não pode reduzir o fator de proteção ao longo dos dias de exposição. Isso ocorre porque essa pele nunca bronzeia, só fica vermelha;

Pele morena (3 e 4): Nos primeiros dias deve-se utilizar o filtro com fator elevado, de FPS 45 a FPS 60. À medida que a pele vai acostumando, o fator de proteção pode diminuir. Atenção: nunca utilizar FPS menor que 30;

Pele negra (5 e 6): Manter o filtro entre o FPS 30 e 20 em todos os dias de exposição. A pele negra não tem risco de queimadura, mas precisa de proteção também.


• O protetor solar deve ser aplicado no corpo inteiro. É necessário espalhar o creme e massagear a pele até que o produto seja completamente absorvido. Seguem abaixo as quantidades aproximadas:

Rosto: aproximadamente uma colher de chá;

Tronco e braços (frente): uma colher de sopa;

Braços e costas: uma colher de sopa;

Perna (frente): uma colher de sopa;

Perna (atrás): uma colher de sopa.


Todas essas quantidades resultam em 30 a 40 ml de produto (o que corresponde a uma xícara de café).

• Evitar exposição ao sol das 10h às 16h (no horário de verão, das 11h às 17h). Nesses períodos há maior quantidade de radiação ultravioleta B, que pode provocar queimadura, vermelhidão, envelhecimento precoce e até mesmo câncer de pele.


• Aplicar o protetor solar 30 minutos antes da exposição ao sol e reaplicá-lo a cada duas horas. Também é necessário passar o protetor novamente ao sair da água.


Na próxima semana, mais dicas de proteção solar e segredos que garantem um bronzeado bonito e saudável.

Fotos: Banco de Imagens Stock.xchng

www.marcelobellini.com.br

Por Equipe Corpo em Evidência às 09h38

08.12.2011

Unhas: segredo de saúde

As unhas são uma referência de como está o organismo. Analisando-as é possível tirar algumas conclusões sobre a saúde de cada um: pode ser expressão de alguma doença interna, déficits nutricionais, se a pessoa apresenta um quadro mais intenso de estresse e até mesmo problemas relacionados à manicure ou cuidados diários.

Unhas frágeis e danificadas são problemas comuns da atualidade. Um mal que atinge quase 20% da população. O público feminino é a categoria mais afetada nesse quesito: elas apresentam duas vezes mais este problema do que os homens. Essas alterações são um incômodo estético e cosmético que pode causar dor e dificuldade para praticar ações corriqueiras como lavar louças, utilizar o teclado do computador, fazer as unhas etc.


Aprenda a analisar suas unhas e, caso perceba algo, procure um especialista:

Unhas serrilhadas: podem significar um quadro inicial de psoríase.

Estrias horizontais: simbolizam interrupção do crescimento. Aparecem em casos de cirurgia, febre. Também pode significar carência nutricional. Pode ser indício de inflamação na cutícula (chamada de paroníquia).

Estrias verticais: possivelmente estão ligadas a doenças na tireóide (tanto hipo quanto hipertiroidismo). Carência nutricional não deve ser descartada.

Manchas escuras: causadas por uso de alguns medicamentos e também por digitar no teclado do computador com muita força. Pode ser indício de micose se houver descolamento associado.

Riscos brancos: estão relacionados a traumas na matriz ungueal, que podem surgir na manicure (causados pelo uso de alicates e empurradores). Uso de esmaltes inadequados.

Portanto, quem cuida da saúde precisa estar conectado também às suas unhas. A saúde começa por elas também!

Fotos: Banco de Imagens Stock.xchng

www.marcelobellini.com.br

Por Equipe Corpo em Evidência às 08h19

Ir para UOL Saúde Ir para UOL Mulher

Sobre o autor

Dr. Marcelo
M. Bellini

  • Dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.
  • Membro da Academia Americana de Dermatologia.
  • Professor colaborador do Hospital do Servidor Público Municipal
  • CRM 76.313 – SP
  • Site: www.marcelobellini.com.br

Sobre o blog

Bem-vindo a um novo espaço com informações, novidades e dicas sobre dermatologia e estética para homens e mulheres.

Postagens frequentes e interativas. Participe! Sugira novos temas!