Sua Pele

25.08.2011

Pescoço: toda beleza a seu favor

Em algumas civilizações o pescoço é adorado, motivo de orgulho e ícone de desejo. É uma região que precisa de muitos cuidados, pois revela a idade de várias maneiras. As pessoas cuidam muito do rosto e esquecem que o pescoço também fica exposto e necessita de intensa atenção. Algumas dicas são essenciais:

• Nunca esquecer o uso do protetor solar. Aplicar o mesmo utilizado na face. O FPS ideal é de 20 ou 30 (para o dia-a-dia). É preciso atenção quanto aos filtros que têm cor, eles podem manchar as roupas.


• Apostar em hidratantes específicos para as regiões do pescoço e colo. São produtos ricos em estimuladores e firmadores de colágeno, como vitamina C, vitamina E, ácido hialurônico, coffee berrry, tensive, extrato de caviar, densiskin, procollasyl, reboxyl.


• O excesso de gordura logo reflete no queixo e arredores. Sendo assim, a manutenção do peso também é importante neste quesito.


• Realizar esfoliação semanal com sabonetes abrasivos e grãos, hábito que promove renovação celular. É importante ressaltar que buchas e esponjas devem ser abolidas.


O pescoço é uma área de grande destaque no corpo, por isso todo cuidado preventivo é essencial. Afinal, os resultados em cirurgia plástica para o pescoço não são satisfatórios. Os mais recomendados são:

Redução das linhas no pescoço: toxina botulínica e acido hialurônico injetável.

Estimulação do colágeno: ácido polilático injetável.

Combate à flacidez: radiofrequência.


Os tratamentos são ferramentas complementares que atenuam imperfeições e problemas antigos. Juntos, tratamento e prevenção trazem uma aparência mais jovial e bela, livre de preocupações. Siga esses cuidados e orgulhe-se de seu pescoço.

Fotos: Banco de Imagens Stock.xchng

Por Equipe Corpo em Evidência às 10h33

18.08.2011

Pele bonita e envelhecimento: essa combinação é real

A pele exige nossa atenção em todas as fases da vida, porém, com o avançar da idade, os cuidados devem ser redobrados. Assim como os outros órgãos do corpo a pele também envelhece e é intensamente atingida pelas alterações do tempo.

Elasticidade reduzida, pouca hidratação e sensibilidade exacerbada: essas são algumas características da cútis do idoso, indícios que podem ser controlados com bons cuidados. A pele idosa pode manter-se bela e saudável.

Exposição Solar

É importante que os idosos diminuam a exposição ao sol e sempre que a fizerem estejam utilizando filtro protetor solar adequado. O sol não deve ser cortado da rotina, afinal ele é um importante estimulador da vitamina D em nosso organismo. Pesquisas abordam a alternância do uso de FPS, ou seja, deve-se escolher uma região isolada onde não é aplicado o protetor. Assim, em um dia não aplicar em um braço, no dia seguinte utilizar no outro braço, e assim por diante.

Hidratação: essencial

A pele do idoso é menos hidratada porque as camadas de gordura estão reduzidas, o que facilita a perda de água e diminui as barreiras de hidratação. Para manter a umidade em equilíbrio é imprescindível acabar com os banhos quentes e aplicar loções hidratantes todos os dias. Loções à base de vitaminas A, E, e ácidos graxos auxiliam na reposição da água na pele.


Como surgem as rugas?

Com o envelhecimento fisiológico natural, a pele passa por algumas fraturas, que chamamos de rugas. A radiação solar é um importante fator causador de rugas porque os raios UVA e UVB precipitam o surgimento de fraturas na cútis.

Manchas da idade

A melanose solar é uma mancha pequena que surge no rosto e nas mãos, resultado da exposição solar acumulada ao longo dos anos. Ela se manifesta com o avançar da idade. Com o envelhecimento surgem também sardas (de cor castanha) no rosto e no corpo. Pessoas de pele clara estão mais suscetíveis a essas manchas. Isso ocorre porque a pele idosa apresenta maior acúmulo de melanina.

O envelhecimento programado cercado de cuidados estéticos e saudáveis é o ideal para homens e mulheres. Nas próximas semanas, dicas de tratamentos clínicos para combater o problema.

Fotos: Banco de Imagens Stock.xchng

Por Equipe Corpo em Evidência às 10h29

11.08.2011

Cabelo lindo em qualquer estação

Passa o verão, vai embora o outono e os cabelos estão ali, sempre lindos e cheios de vida. Que tal um guia prático que promete fios assim, belos em qualquer época do ano? Confira abaixo segredinhos e cuidados básicos para ter cabelos atraentes e saudáveis.

Após a aplicação do condicionador, deixe uma ducha de água fria cair. Essa atitude ajuda os fios a absorverem os ativos de cada produto;

Antes de usar o secador é bom utilizar a toalha para secar os fios muito bem. Este cuidado impede que o calor intenso danifique os fios;


Tente não escovar os cabelos molhados, isso pode torná-los quebradiços. Utilize os dedos ou pentes com dentes bem largos;

Após tingir os fios, aguarde aproximadamente 48 horas para a próxima lavagem. Esse tempo é ideal para que os cabelos absorvam a cor;


Para diminuir a tensão ao prender os cabelos use prendedores mais macios para segurar os rabos de cavalo e pontas de tranças;

Antes da exposição ao sol, prepare-se: sempre utilize chapéu e aplique cremes leave-in;


Corte os fios regularmente e faça hidratação a cada mês;

Não lave os cabelos com água muito quente.

Esses segredos podem ser espalhados aos quatro ventos. São promessa de cabelos perfeitos, certeza da beleza que nasce na raiz e vai até as pontas.

Fotos: Banco de Imagens Stock.xchng

Por Equipe Corpo em Evidência às 10h48

04.08.2011

Em busca do cabelo ideal

Os cabelos têm participação essencial na composição da aparência. Para ter cabelos atraentes e saudáveis é necessário atentar-se a cuidados e alguns detalhes que, num primeiro instante, podem passar despercebidos. Existem pontos-chave para atingir um cabelo repleto de saúde. Abaixo, o início da trilha que leva ao cabelo ideal:

Hidratação

Os nutrientes que deixam os fios mais resistentes são os mesmos que combatem a agressão dos raios solares: bio-restore, ceramidas, manteiga de karité, lunamatrix, manteiga de Illipê e lanolina.

Eletrostática controlada (frizz)

O frizz ocorre porque as cutículas capilares ficam mais abertas e enfraquecidas, com os fios mais porosos. Isso acontece quando a oleosidade não está distribuída homogeneamente na extensão do fio. Para combater esse problema é importante hidratar e também ter cuidados no momento de pentear os cabelos, utilizar apenas pentes de madeira ou osso (com dentes largos). Estes reduzem a eletrostática dos fios. Pentes de plástico devem ser banidos porque aumentam a quantidade de fios eriçados.


Perigo: cabelos molhados e presos

Após o banho, prender os cabelos molhados é um grande erro. Depois da lavagem os fios estão mais sensíveis à quebra. Cabelos úmidos e presos podem gerar descamação e irritação do couro cabeludo, o que acarreta dermatite seborreica e pode causar a queda. O ideal é secar os cabelos, modelar e depois disso prendê-los.

 

Leave-in

O correto é utilizar pequenas quantidades do produto e aplicá-lo do meio às pontas (nunca aplicá-lo na raiz dos cabelos). O leave-in faz a blindagem dos fios, protegendo contra as agressões do dia-a-dia. Atenção: nunca aplicar o produto nos cabelos secos porque o creme não é absorvido e os cabelos ficam opacos, pesados e oleosos.


Seguindo esses passos o resultado será um cabelo forte, bonito e blindado, sempre resistente. Na próxima semana, um guia prático, perfeito para todas as estações.

Fotos: Banco de Imagens Stock.xchng

Por Equipe Corpo em Evidência às 11h37

Ir para UOL Saúde Ir para UOL Mulher

Sobre o autor

Dr. Marcelo
M. Bellini

  • Dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.
  • Membro da Academia Americana de Dermatologia.
  • Professor colaborador do Hospital do Servidor Público Municipal
  • CRM 76.313 – SP
  • Site: www.marcelobellini.com.br

Sobre o blog

Bem-vindo a um novo espaço com informações, novidades e dicas sobre dermatologia e estética para homens e mulheres.

Postagens frequentes e interativas. Participe! Sugira novos temas!