Sua Pele

28.07.2011

Dúvidas de beleza: os homens também têm

Quanto mais íntimos os homens estiverem dos cuidados com a aparência, gradativamente as dúvidas vão surgindo. Afinal, beleza e saúde caminham juntas. A seguir, selecionamos alguns questionamentos comuns entre eles:

Suplemento alimentar e tratamento contra acne: combinam?

Os tratamentos que combatem a acne (isotretinoina via oral) atrofiam a glândula sebácea. Trata-se de um trabalho que dura de 6 a 8 meses. Após dois anos do término desse tratamento, a pessoa passa a ter uma pele normal e fica liberada para consumir suplementos alimentares.

Cravos

Para quem possui esse problema mais aparente o ideal é higienizar o rosto de duas a três vezes por dia com géis ou espumas de limpeza. Também é ideal realizar esfoliação com sabonete e gel abrasivo. Recomendamos sabonetes à base de enxofre, ácido salicílico e géis que possuem peróxido de benzoila ou ácido retinóico. Mas, atenção: todas essas indicações necessitam da supervisão de um especialista.

Como usar FPS e não ficar com a pele brilhando?

Existem formulações que têm efeito matificante (efeito mate) e outras que contêm substâncias controladoras da oleosidade como zinco e microesferas. Aposte em serums, mousses e sprays.


E a temida calvície...

várias técnicas para detectar, tratar e prevenir a perda dos fios. A grande novidade é um teste realizado com a saliva, que detecta a chance de o paciente apresentar o problema. Esse exame apresenta aproximadamente 80% de eficácia. Assim, quem possui casos de calvície na família pode diagnosticar o problema com notável antecedência.

Após a avaliação detalhada dos fios, há um plano de tratamento que inclui reposição de nutrientes com polivitamínicos, mesoterapia capilar (aplicação injetável de nutrientes e princípios ativos) e laser de estimulação para crescimento capilar (LED). Quanto mais cedo o tratamento iniciar, mais eficiente será o controle da queda de cabelos.

Investir na beleza com o foco da qualidade de vida: essa é a receita certa para os homens! Alimentação adequada e exercícios físicos complementam esses cuidados. Daqui a pouco o calor retorna e com ele a preocupação com o corpo volta à pauta do dia. Antecipe-se!

Fotos: Banco de Imagens Stock.xchng

Por Equipe Corpo em Evidência às 10h27

21.07.2011

Homens: do passado desleixado ao cuidado saudável

Masculinidade e vaidade: no passado essa fórmula parecia não combinar. Hoje a ala dos homens já tomou consciência de que cuidar da beleza é sinônimo de saúde. Pensando nessa necessidade, trazemos um passo a passo, o “caminho das pedras” para uma pele atraente, jovial e saudável.

1º Passo: Filtro solar

É essencial que eles utilizem filtro protetor solar diariamente. Os homens ficam mais expostos à radiação ultravioleta porque geralmente estão mais ligados a atividades outdoor (bike, corrida, futebol). Contamos com fórmulas atraentes para a pele masculina como géis, gel creme com toque seco e, mais recentemente, produtos com substâncias que controlam a oleosidade e a absorvem. Essa ação ocorre devido à presença do zinco e das microesferas.


2º Passo: Faça escolhas certeiras

• No banho: sabonete ou espuma de limpeza facial;

• Limpeza profunda: gel de limpeza ou loção oil free;

• Hidratante noturno: gel ou sérum.

3º Passo: Adeus aos pelos encravados

Os cremes que não são oil free podem causar obstrução dos poros, o famoso pelo encravado. Eles podem gerar o aparecimento de acne e dificultar a saída dos fios – o que aumenta o risco de foliculite. Realize esfoliação com géis abrasivos suaves 1 ou 2 vezes por semana. Assim, removemos resíduos de descamação, impurezas ou vestígios de formulações.

4º Passo: Ao fazer a barba...

• Utilize princípios ativos calmantes como azuleno, camomila e alphabisabolol;

• Existem substâncias que reduzem o encravamento porque combatem a obstrução dos poros: ácido salicílico e papaína;

• Evite loções que contenham álcool ou ácidos.


Prático e usual, um guia básico como esse é a chave para a pele ideal. Na próxima semana, mais dicas para os homens.

Fotos: Banco de Imagens Stock.xchng

Por Equipe Corpo em Evidência às 11h34

14.07.2011

Você zela por suas unhas?

   Você tem o hábito de “cutucar”
   suas unhas todos os dias?
  

   a) Sim.

   b) Não, nunca.

   c) Se estivermos no verão sim,
   caso contrário, não.

 

   Em que momentos você lixa
   as unhas?

   a) Sempre após o banho.

   b) Lixo as unhas apenas quando
   elas estão bem secas. Não faço
   quando estão úmidas.

   c) Nunca me atentei a este fato.

 

   Após o banho, quando está
  
se secando, você dá atenção
   especial a secagem das unhas?

   a) Não.

   b) Sim.

   c) De vez em quando. Se estou
   com pressa, não seco direito.


   Na manicure, você é daquelas
   que pede que ela “vá fundo”?

   a) Sim, porque gosto que a
   “unha feita” dure mais tempo.

   b) Não, gosto que a manicure seja
   delicada, para não agredir muito 
   as unhas.

   c) Depende. Se estou no salão
   que sou cliente assídua, peço sim.

 

   5) Você aplica hidrante nas mãos
   e unhas todos os dias?

   a) Não.

   b) Sim.

   c) Aplico quando sinto que estão
   ressecadas.

 

Resultados:

Maioria das respostas B: Você sabe que as unhas são a porta
de entrada da vida saudável. Parabéns! Continue assim.

Maioria das respostas C: Você deve ficar mais atenta, dar mais
atenção às mãos/ unhas.

Maioria das respostas A: Recomendamos que você reavalie
a sua forma de tratar suas mãos. Procure um bom profissional
e esclareça algumas dúvidas.

Fotos: Banco de Imagens Stock.xchng

 

Por Equipe Corpo em Evidência às 11h02

06.07.2011

Unhas: segredo de saúde

As unhas são uma referência de como está o organismo. Analisando-as é possível tirar algumas conclusões sobre a saúde de cada um: pode ser expressão de alguma doença interna, déficits nutricionais, se a pessoa apresenta um quadro mais intenso de estresse e até mesmo problemas relacionados à manicure ou cuidados diários.

Unhas frágeis e danificadas são problemas comuns da atualidade. Um mal que atinge quase 20% da população. O público feminino é a categoria mais afetada nesse quesito: elas apresentam duas vezes mais este problema do que os homens. Essas alterações são um incômodo estético e cosmético que pode causar dor e dificuldade para praticar ações corriqueiras como lavar louças, utilizar o teclado do computador, fazer as unhas etc.


Aprenda a analisar suas unhas e, caso perceba algo, procure um especialista:

Unhas serrilhadas: podem significar um quadro inicial de psoríase.

Estrias horizontais: simbolizam interrupção do crescimento. Aparecem em casos de cirurgia, febre. Também pode significar carência nutricional. Pode ser indício de inflamação na cutícula (chamada de paroníquia).

Estrias verticais: possivelmente estão ligadas a doenças na tireóide (tanto hipo quanto hipertiroidismo). Carência nutricional não deve ser descartada.

Manchas escuras: causadas por uso de alguns medicamentos e também por digitar no teclado do computador com muita força. Pode ser indício de micose se houver descolamento associado.

Riscos brancos: estão relacionados a traumas na matriz ungueal, que podem surgir na manicure (causados pelo uso de alicates e empurradores). Uso de esmaltes inadequados.


Portanto, quem se cuida precisa estar conectado às suas unhas. A saúde começa por elas também!

Fotos: Banco de Imagens Stock.xchng

Por Equipe Corpo em Evidência às 09h40

Ir para UOL Saúde Ir para UOL Mulher

Sobre o autor

Dr. Marcelo
M. Bellini

  • Dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.
  • Membro da Academia Americana de Dermatologia.
  • Professor colaborador do Hospital do Servidor Público Municipal
  • CRM 76.313 – SP
  • Site: www.marcelobellini.com.br

Sobre o blog

Bem-vindo a um novo espaço com informações, novidades e dicas sobre dermatologia e estética para homens e mulheres.

Postagens frequentes e interativas. Participe! Sugira novos temas!