Sua Pele

24.02.2011

Cigarro e beleza: receita que não combina

A mulher contemporânea tem à sua disposição inúmeros tratamentos e cosméticos para manter a saúde e a beleza. Daí surge uma contradição, pois ao mesmo tempo em que o público feminino está mais preocupado com a beleza, o índice de mulheres fumantes cresce notavelmente.


Coração e pulmão são órgãos muito atingidos pelo tabagismo, mas as doenças cutâneas que o cigarro provoca também são altamente perigosas e muitas vezes irreversíveis. O tabaco destrói o colágeno que está na camada mais profunda da pele. Primordial à saúde da cútis, o colágeno é responsável pela firmeza, hidratação, viço e sustentação.

Em média, mulheres fumantes na faixa dos 30 anos que fumam há cerca de três anos já possuem os indícios da queima de colágeno. Perda do frescor, aspecto pálido e abatido, pele amarelada e sem vida, olheiras profundas e marcas de expressão são alguns sinais dessa ausência. A temida celulite é consequência da menor circulação sanguínea nas áreas dos quadris e coxas, já que o fumo interfere na chegada do sangue a estas regiões.


A primeira atitude a tomar é apagar o cigarro. Para recuperar a pele de tamanho estrago é necessário manter alimentação equilibrada à base de sais minerais como zinco, vitamina C e ácido fólico. Recomenda-se a utilização de cosméticos elaborados com os ácidos glicólico e retinóico, que são estimuladores de colágeno. Também sugerimos o consumo de vitamina C (oral e tópica) e aplicação de ácido hialurônico.

A vida moderna já traz alguns malefícios à beleza: poluição, estresse, radiação solar excessiva. O cigarro é um vilão que pode ser evitado e, por isso, os cuidados com a pele, cabelos e alimentação são ações que refletem em longo prazo, proporcionam longevidade e autoestima revitalizada. Invista nessa fórmula promissora!

Fotos: Banco de Imagens Stock.xchng

Por Equipe Corpo em Evidência às 10h13

17.02.2011

Fios blindados no verão

A pele não é a única vítima dos efeitos colaterais dos raios solares. Os cabelos também sofrem muito no verão. A radiação solar pode causar cabelos quebradiços, frágeis, sem brilho, sem vida e com maior quantidade de pontas duplas. Para combater esses problemas é preciso utilizar leave-in com fator de proteção solar e nutrientes como bio-restore, ceramidas, manteiga de karité, lunamatrix, manteiga de Illipê e lanolina. Esses nutrientes fazem a blindagem dos fios contra as agressões do sol e ainda revitalizam os cabelos, combatendo o envelhecimento precoce.

Verão é sinônimo de praia e piscina, mas é importante lembrar que a água do mar e o cloro trazem malefícios aos fios. Os dois abrem demais as cutículas do cabelo, deixando o fio mais poroso. Após mergulhos frequentes ocorre uma redução da umidade na fibra capilar, os cabelos perdem a maciez, ficam opacos e profundamente secos. Proibir os banhos é uma decisão muito radical, portanto são necessários alguns cuidados para proteger os fios:

• Aplicar leave-in antes de ir à praia ou piscina;


• Tomar uma ducha de água doce de tempos em tempos e assim retirar o excesso de sal ou cloro dos cabelos;


• Mergulhar com o cabelo preso para diminuir o contato dos fios com a água salgada ou com o cloro da piscina;


• Usar chapéus e bonés para impedir a ação do sol sobre os cabelos que já estão com resíduos de água salgada ou cloro;


• Os cabelos com tintura necessitam de tratamento especial para que a coloração não dure menos tempo: hidratação intensiva e uso de leave-in são essenciais. É necessário também recorrer a shampoos para cabelos tingidos, que aumentam a fixação do pigmento ao fio.


No verão, a aplicação do leave-in é mais constante, o que pode deixar o cabelo oleoso e pesado. O correto é utilizar pequenas quantidades, aplicar o leave-in nos cabelos úmidos, sempre do meio para as pontas e nunca passá-lo na raiz.

Com esse guia prático, a única marca que o verão vai deixar será a pele bronzeada. Os cabelos passam pela estação do Sol e continuam brilhantes e profundamente hidratados.

Fotos: Banco de Imagens Stock.xchng

Por Equipe Corpo em Evidência às 09h52

10.02.2011

Programa Mulheres

Na próxima quinta-feira, 17 de fevereiro, Dr. Marcelo Bellini - dermatologista e membro da Sociedade Brasileira e da Academia Americana de Dermatologia - estará no programa Mulheres, na TV Gazeta.

O médico vai falar sobre os tipos de dermatite, problema de pele muito comum em todas as idades. Dr. Marcelo vai dar as dicas para detectar a doença, tratamentos e modos de prevenção.

O programa vai ao ar a partir das 14h.

Foto: Banco de Imagens Stock.xchng

Por Equipe Corpo em Evidência às 10h04

03.02.2011

Grandes novidades na bagagem

Dr. Marcelo Bellini, diretor da Clínica Corpo em Evidência, participa do 69º Meeting promovido pela Academia Americana de Dermatologia. Realizado em Nova Orleans, Estados Unidos, o evento ocorre a partir de amanhã, sexta-feira, e vai até 8 de fevereiro.


O encontro tem o objetivo de atualizar o conhecimento dos profissionais sobre os últimos avanços em diagnósticos e tratamentos para a pele e cabelos. Dr. Marcelo Bellini voltará ao Brasil com a bagagem repleta de informações sobre novas tecnologias, princípios ativos de última geração e evolução dos equipamentos.

Compartilhar experiências e indagações também é um ponto essencial do evento”, diz o diretor da Clínica Corpo em Evidência. O médico parte para o Meeting e deixa um forte abraço aos internautas.

Foto: Banco de Imagens Stock.xchng

Por Equipe Corpo em Evidência às 11h10

Ir para UOL Saúde Ir para UOL Mulher

Sobre o autor

Dr. Marcelo
M. Bellini

  • Dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.
  • Membro da Academia Americana de Dermatologia.
  • Professor colaborador do Hospital do Servidor Público Municipal
  • CRM 76.313 – SP
  • Site: www.marcelobellini.com.br

Sobre o blog

Bem-vindo a um novo espaço com informações, novidades e dicas sobre dermatologia e estética para homens e mulheres.

Postagens frequentes e interativas. Participe! Sugira novos temas!