Sua Pele

23.06.2010

Dúvidas mais frequentes no inverno

Selecionamos as dúvidas mais comuns sobre os cuidados com a pele e os cabelos no inverno, e pedimos ao Dr. Marcelo Bellini, dermatologista e diretor da Clínica Corpo em Evidência, para respondê-las.

Por que no inverno a pele fica mais ressecada?

Com os dias frios, o vento e a umidade baixa tendem a reduzir a hidratação superficial da pele. Além disso, com os banhos quentes temos agravação, pois a temperatura elevada remove a oleosidade natural e, consequentemente, temos perda maior de água da superfície da pele. É importante considerar que os hábitos alimentares também mudam: as pessoas ingerem menos líquido, frutas, verduras e legumes que são importantes na hidratação da pele.

Foto: Banco de Imagens Stock.xchng

Por que nos dias frios é comum as pessoas apresentarem quadro de caspas?

A caspa ou dermatite seborreica aumenta ou surge no inverno devido à alimentação gordurosa e pobre em fibras, e também por causa dos banhos quentes, que agridem e ativam a glândula sebácea, o que resulta no aparecimento de vermelhidão e descamação. Outro fator é o uso excessivo de cremes e condicionadores próximos à raiz.

Qual é a recomendação da temperatura para banho nos dias frios?

Deve-se manter a temperatura por volta de 30 graus, ou seja, água morna é o ideal. Além disso, banhos rápidos com menos de 10 minutos. Procure usar sabonetes ricos em glicerina ou que tenham hidratantes.

É recomendável lavar o cabelo todos os dias, mesmo nos dias frios?

Se forem cabelos curtos e se lavados com temperatura adequada, xampu apropriado para o tipo de cabelo, aplicando-o apenas uma vez, não há problema de lavar todos os dias. Já se forem cabelos compridos, procure lavá-los dia sim dia não, para evitar ressecamentos e não ter que usar muito creme e/ou condicionador.

Como deve ser a hidratação da pele e cabelo nesses dias?

Para a pele, atualmente, recomendamos fórmulas ricas em uréia e óleos essenciais que tentam imitar o manto (camada) lipídico da superfície da nossa pele. Procure aplicar logo após o banho com o corpo ainda úmido. Já para os cabelos, utilize condicionadores com ou sem enxágue. Aplique-os da metade para baixo dos fios, evite passar próximo ao couro cabeludo. Opte também por máscaras de hidratação capilar que são aplicadas com toucas térmicas.

Quais são os tratamentos dermatológicos mais indicados para o inverno?

Procuramos realizar nessa época procedimentos que temos que evitar exposição ao sol. Portanto são os peelings (clareadores, para reduzir cicatrizes, fechar os poros e revitalizar a pele), lasers (para manchas do rosto e mãos, para reduzir cicatrizes e para rejuvenescimento), além do tratamento de estrias (peelings e lasers).

Por Equipe Corpo em Evidência às 15h14

18.06.2010

Beleza depois dos 30

Aos 30 anos, os hormônios femininos atingem seu ápice e a mulher, consequentemente, o ápice da idade adulta. Em contrapartida, começam a surgir os primeiros sinais de perda da capacidade de renovação do colágeno. O “estoque” de colágeno é determinado pelo balanço entre a perda ao longo dos dias (envelhecimento natural) e na capacidade de reposição pelo organismo.

Com isso aparecem os primeiros sinais de flacidez. Lógico que os fatores genéticos devem ser considerados (cada pessoa tem seu ritmo individual de perda de colágeno), além dos fatores ambientais como exposição ao sol, ritmo de vida, alimentação, estresse, fumo, horas de sono, entre outros.

A perda de colágeno pode se expressar junto com a perda de elastina, o que resulta em linhas de expressão e até mesmo em rugas. É possível notar também os primeiros sinais da mudança de textura da pele, que pode se tornar flexível e menos viscosa.


Foto: Banco de Imagens Stock.xchng

O ideal é começar a atuar com fórmulas tópicas específicas ricas em nutrientes, vitaminas C e E, e firmadores e estimuladores do colágeno, como o ácido hialurônico. Além disso, é fundamental a ingestão de suplementos antioxidantes como vitamina C, silício orgânico, licopeno, coenzima A, polifenóis cítricos e da uva, entre outros.

Hábitos diários como o uso de filtro solar e a ingestão de 1,5 a 2 litros de água são essenciais. A prática de exercícios físicos, além de combater o sedentarismo e reduzir o acúmulo de gordura, diminui a distensão da pele e melhora a flacidez, pois tonifica os músculos.

Chegar aos 30 é inevitável, mas permanecer bonita e saudável é uma opção. Faça a sua!

Por Equipe Corpo em Evidência às 12h56

07.06.2010

Dr. Marcelo Bellini no Programa Mulheres

Dr. Marcelo Bellini, dermatologista e diretor da Clínica Corpo em Evidência, estará no programa Mulheres, da TV Gazeta, no dia 10 de junho, quinta-feira, a partir das 14h30.

Ele dará dicas de como cuidar da pele e dos cabelos durante a estação mais fria do ano, como mantê-los limpos e hidratados e quais tratamentos estão permitidos no inverno.

Não percam!

Por Equipe Corpo em Evidência às 09h11

02.06.2010

Tudo sobre celulite

Foto: Banco de Imagens Stock.xchng

A celulite é a alteração da circulação linfática e que gera alterações na forma das nádegas e coxas. Ocorre prejuízo da retirada das toxinas da região, o que resulta em acúmulo também de líquidos.

De acordo com o Dr. Marcelo Bellini, dermatologista, vários fatores podem favorecer o aparecimento da celulite: sedentarismo (falta de exercícios, principalmente aeróbicos); ingestão abusiva de açúcares e carboidratos simples (pães, massas, doces); fumo; ingestão de refrigerantes (ricos em sódio e fosfato, que aumentam a retenção de líquidos); álcool; e uso de roupas apertadas que dificultam ainda mais a circulação.

Há 3 tipos de celulite:

- Compacta (aquela endurecida que é comum em atletas);

- Flácida (com flacidez intensa);

- Edematosa (com inchaço e muita retenção).

Existem 4 graus:

- Grau І (mais leve, que aparece só quando comprimimos com a mão);

- Grau ІІ (enxergamos de perto e que piora com a compressão);

- Grau ІІІ (enxergamos a curta distância, mesmo sem comprimir);

- Grau ІV (enxergamos a mais distância, mesmo sem comprimir).

Para tratamento é necessário cogitar mudanças de hábito, como aumentar a ingestão de água, praticar exercícios e reduzir refrigerantes (mesmo os dietéticos). Com relação às técnicas, é possível contar com a drenagem linfática, que deve ser realizada por mãos hábeis, com pressão e deslizamento adequados para melhorar a circulação linfática. É útil e eficaz, principalmente para a edematose de qualquer grau.

Os princípios ativos mais utilizados nos cosméticos anticelulites são:

- Cafeína: tem efeito estimulador local, melhorando a circulação;

- Gingko Biloba: melhora a circulação local, reduzindo principalmente inchaços;

- Silício Orgânico: estruturador celular, organiza os tecidos e a região que está desestruturada na celulite;

- Centelha Asiática: também ajuda a melhorar a circulação local.

Estes princípios ativos podem ser utilizados a qualquer momento, mesmo no período menstrual, e funcionam como coadjuvante no tratamento da celulite.

Mas, antes de sair por aí fazendo tratamentos ou comprando produtos, consulte sempre um dermatologista para que ele indique o ideal para você.

Por Equipe Corpo em Evidência às 11h48

Ir para UOL Saúde Ir para UOL Mulher

Sobre o autor

Dr. Marcelo
M. Bellini

  • Dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.
  • Membro da Academia Americana de Dermatologia.
  • Professor colaborador do Hospital do Servidor Público Municipal
  • CRM 76.313 – SP
  • Site: www.marcelobellini.com.br

Sobre o blog

Bem-vindo a um novo espaço com informações, novidades e dicas sobre dermatologia e estética para homens e mulheres.

Postagens frequentes e interativas. Participe! Sugira novos temas!