Sua Pele

27.05.2010

Mitos e verdades sobre as temidas estrias

Foto: Banco de Imagens Stock.xchng

Estrias são lesões inestéticas da pele que se expressam na forma de linhas rosadas ou brancas; finas ou largas; deprimidas. São resultado do estiramento da pele, sendo que as fibras de colágeno e elastina se rompem. Quando recentes, apresentam também ruptura de pequenos vasos e, portanto, avermelhadas ou rosadas.

De acordo com o Dr. Marcelo Bellini, dermatologista, os fatores envolvidos mais frequentes são: gravidez (ganho de peso superior a 11 kg), obesidade, crescimento (estirão da adolescência), medicamento (corticóide), alterações hormonais (doença de Cushing), e musculação (exercícios sem orientação adequada).

O efeito sanfona promove relaxamento e distensão das fibras de colágeno e elastina, o que em longo prazo gera a ruptura das fibras, surgindo então as estrias. As áreas mais comuns são: abdome (gestação, obesidade), costas (crescimento), ombros (musculação excessiva), braços e coxas (ganho de peso), e seios (amamentação, variação hormonal e adolescência).

A prevenção está relacionada com a manutenção do peso, exercícios aeróbicos, alongamento e dieta adequada. Muito cuidado com suplementos alimentares e anabolizantes (eles promovem ganho de volume rápido, o que distende as fibras).

Atualmente, há vários tratamentos para a melhora das estrias, e é possivel conseguir redução de 60, 70% das mais recentes (rosadas). Já no caso das antigas, o resultado é um pouco mais demorado. As estrias longas ficam cada vez mais finas, e as finas descontínuas.

O sol disfarça a estrias, mas não tem “efeito maquiagem”. Em algumas pessoas, principalmente nas de pele morena, pode destacar ainda mais as estrias.

Mitos:

- Esfoliação da pele ajuda na melhora da estria;

- A estria branca não tem tratamento, já a rosada, sim;

- O uso de óleo de amêndoas previne o orçamento de estrias. É necessário que, além dos óleos, as fórmulas contenham componentes hidratantes, firmadores e estimuladores do colágeno. Além disso, é preciso tomar cuidado com ganho de peso e exercícios.

Verdades:

- A realização da esfoliação profunda é orientação médica (peeling de cristal), associado à aplicação de ácido retinóico;

- Tanto as estrias brancas quanto as rosadas respondem ao tratamento. Só que o processo das brancas é mais demorado, requer mais sessões. E o tratamento pode ser diferente de acordo com o tipo.

Por Equipe Corpo em Evidência às 12h25

21.05.2010

Outono: época de queda das folhas e dos cabelos?

Foto: Banco de Imagens Stock.xchng

Todos os anos, assistimos à mesma cena: os pacientes e as pessoas em geral reclamando da queda dos fios com o término das estações primavera/verão e a chegada do outono.

O que notamos no outono é uma redução da intensidade luminosa, isto é, antes os dias duravam quase 12 horas e agora de oito a 10. Esta redução da quantidade de radiação diminui a ativação da melanina da pele e dos fios. E sabe-se que a melanina é responsável pela regulação do ritmo de crescimento dos fios e, portanto, ocorre a desaceleração do crescimento e o aumento da queda.

Além disso, a nova descoberta é que durante as estações mais quentes, as mulheres têm maior produção da prolactina, importante para o crescimento e ciclo dos fios. Com a chegada do outono, a concentração desse hormônio diminui e, consequentemente, acontece a redução nesse ciclo.

Outros fatores como banhos mais quentes, uso excessivo de secadores, cremes e condicionadores podem ocasionar não a queda, mas a quebra dos fios e reforçar os mecanismos fisiológicos.

Portanto, poupe as madeixas. Escolha produtos adequados, com as devidas orientações médicas. Caso note que a queda é excessiva, procure um dermatologista para serem realizados exames de sangue como hemograma, dosagem de nutrientes (zinco, cobre e ferro), avaliação da tireóide e dos outros hormônios. E, a partir daí, fazer o tratamento correto. A perda dos cabelos em grande quantidade pode comprometer o volume dos fios.

Tendo o tratamento iniciado bem cedo, é possível controlar a perda das madeixas e evitar outros problemas de saúde mais graves.

Por Equipe Corpo em Evidência às 11h03

11.05.2010

Unhas lindas e saudáveis

Foto: Banco de Imagens Stock.xchng

Dr. Marcelo Bellini ensina como manter as unhas impecáveis durante o frio

Quando o outono e o inverno chegam, as mulheres exibem esmaltes mais escuros: vermelho forte, preto, marrom, entre outros. Neste período, surgem as queixas de unhas mais frágeis.

De acordo com o Dr. Marcelo Bellini, dermatologista, unhas fragilizadas, quebradiças ou descamativas podem evidenciar anemia, carência de ferro e vitaminas, dietas pobres em proteínas, problemas de tireóide ou infecções.

Além disso, esmaltes mais escuros têm maior quantidade de fixadores para aderir os pigmentos à unha e, geralmente, para retirá-los, é necessário o uso de acetona ou removedores em maior quantidade, provocando seu ressecamento e deixando-a mais fraca.

O médico orienta a utilização de removedores que não contenham acetona na composição, que sejam mais leves e cremosos. Se as unhas estiverem muito frágeis, quebrando com facilidade, opte por cores mais claras, deixe-as livre dos esmaltes por dois ou três dias e hidrate bastante. “Hoje, existem fórmulas com aminoácidos, ONYMYRRHE, ceramidas e outros componentes que fortalecem e hidratam ao mesmo tempo”.

Dr. Marcelo aconselha também a consulta com um especialista para saber o melhor a ser feito e manter as unhas lindas e saudáveis, usando cores do branco ao preto.

Por Equipe Corpo em Evidência às 17h26

05.05.2010

Dia das Mães à vista


Foto: Banco de Imagens Stock.xchng

Costumo pensar em quanto uma mãe é capaz de abdicar das suas coisas, necessidades e prazeres em prol dos filhos. E é sem cobrança e pelo simples fato de assistir interativamente aquela vida gerada crescer e progredir. É a realização pelo fato em si e através do filho.

Cuido e já cuidei de muitas gestantes, e mesmo aquelas que engordaram um pouco a mais, que apresentaram celulite e estrias, nunca revelaram nenhum sinal de desapontamento ou frustração, e que quando citamos o filho logo abre sorriso largo no rosto.

Vamos, portanto, nos voltar ainda mais e com maior atenção para essa mulher de fibra que é capaz de enfrentar tudo e todos em razão de um filho.

Durante a gestação é importante utilizar fórmulas específicas ricas em silício, vitamina C, ácido lático, óleo rosa mosqueta, vegelip, entre outros; não esquecer o protetor solar diariamente, pois os estrógenos (hormônios femininos) estão em níveis elevados durante a gestação e aumentam o risco de manchas no rosto. A drenagem linfática é muito bem vinda para prevenção da celulite, mas com aval do ginecologista.

Nas mães de 30 a 45 anos, a pele costuma apresentar ainda sinais de oleosidade e/ou acne, necessitando de sabonetes específicos e géis secativos, e protetores solares oil free ou seruns. Podem apresentar também pele desvitalizada ou ressecada: portanto, os ácidos glicólico ou retinóico que promovem renovação celular. Também há os estimuladores de colágeno como silício orgânico, vitamina C, e hidratantes como GPS, Aquaporines e NMF.

Muitas vezes são necessários procedimentos em consultório como Laser (para manchas ou estimuladores de colágeno), peelings e toxina botulínica.

Mães com mais de 45 anos costumam apresentar a pele com aspecto mais desvitalizado, logo precisam de hidratantes ainda mais potentes como ácido hialurônico, ácido lático, ceramidas, super firmadores como Tensine, Raffermine, Chronoline, Matrixyl, entre outros.

Filho, preste um pouco mais de atenção à sua mãe e enxergue que existe uma mulher generosa, que precisa ser muito cuidada e receber sempre elogios dos outros, principalmente de você!

Um beijo em todas as mães e, em especial, na minha.

Dr. Marcelo Bellini

Por Equipe Corpo em Evidência às 08h51

Ir para UOL Saúde Ir para UOL Mulher

Sobre o autor

Dr. Marcelo
M. Bellini

  • Dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.
  • Membro da Academia Americana de Dermatologia.
  • Professor colaborador do Hospital do Servidor Público Municipal
  • CRM 76.313 – SP
  • Site: www.marcelobellini.com.br

Sobre o blog

Bem-vindo a um novo espaço com informações, novidades e dicas sobre dermatologia e estética para homens e mulheres.

Postagens frequentes e interativas. Participe! Sugira novos temas!